Introdução aos índigos (Nancy Ann Tappe , entrevistada por Jan Tober (Parte 1)

Nancy , você foi a primeira a identificar e a escrever a respeito do fenômeno índigo em seu livro Understanding your life through color (entendendo sua vida através da cor)

O que é uma criança índigo e porque esta designação?

Eu as chamo de índigo porque esta é a cor que eu “vejo” ao redor deles .

Como assim ?

Cada pessoa emite uma cor que identifica sua missão ma vida. Consigo ver esta cor e por meio dela saber qual é a principal missão no planeta , ou seja, o que veio aprender e fazer aqui. Nos anos 80 imaginei que mais 2 cores viriam, pois fúscia e magenta estava desaparecendo.Fiquei muito surpresa quando encontrei uma pessoa que emitia a cor fúscia em Palm Springs , pois tinha ouvido dizer que tal cor havia desaparecido no começo dos anos 90. Sabia que novas cores surgiriam , mas não sabia quais , até que encontrei um índigo.Estava na UNiversiddade de San Diego fazendo pesquisa sobre os perfis e um psiquiatra chamado McGreggor estava comigo. Outro médico estava conosco também , ele trabalhava num hospital infantil e o que me chamou atenção foi o fato de sua esposa ter tido um filho , embora não pudesse engravidar. A criança tinha nascido com problemas cardíacos e pediu para dizer o que eu “via” nela. Foi quando percebi que umas das novas cores do sistema era índigos. A criança morrreu seis semana depois , mas foi quando comecei a pesquisar melhor o assunto. Deixer de lecionar em San Diego em 1975 e não tratei mais do assunto até 80 , quando comecei a escrever meu livro. Foi um trabalho de 2 anos. Comecei a pesquisar o processo de classificação  e da personalogia, porque, nesta altura , tínhamos algumas crianças com 5 , 6,7 anos que podíamos observar . A única coisa que sabiam era que não tinham a mesma “programação de  vida” que normalmente temos. E até hoje não tem . Os índigos passam por uma grande mudança por volta dos 26 , 27 anos, quando passam a ter noção de sua missão na Terra . Começam a ter uma visão cada vez mais clara do que vieram fazer aqui , e seguem seu ideal até se tornarem mais velhos e poderem concluí-lo. É como se o futuro dependesse de nós.

Parece haver muito interesse e necessidade por parte das pessoas em saber sobre os índigos
Concordo. As pessoas ainda não os entendem . São crianças com habilidades que vão além do mental e emocional .Agem como computadores e têm grande capacidade de visualização . Sabem que ppodem obter tudo o que conseguem classificar e dominam a tecnologia com uma facilidade impressionante. Aos 3 ou 4 anos essas crianças conhecem melhor os computadores do que adultos de 65 . Conseguem visualizar o que irá acontecer em termos tecnológicos daquia 10 anos, coisa que ainda nem sonhamos em fazer. Acredito que estas crianças vieram parar romper fronteiras e que chegaremos ao ponto em que todo o trabalho humano será realizado mentalmente.

Concordo com você.
Eles tem um objetivo de vida específico, mas creio que em muitos casos o treinamento e as restrições  a que são submetidas acabam levando-as até a se matar .E acredito em paradoxos. Temos de ter as trevas e a luz para poder escolher , pois sem elas não existe crescimento . Se fôssemos meros robôs seguindo ordens , não haveria livre-arbítrio , alternativas ou qualquer motivo que justificasse a vida. Sei que pareço estar divagando , mas vou explicar . Costumo dizer  aos meus alunos que se quisermos descobrir como as coisas se iniciaram, podemos tomar como base o que está no própria Bíblia , “NO PRINCÍPIO , DEUS CRIOU O CÉU E A TERRA … SEM FORMA E VAZIA ; HAVIA TREVAS SOBRE A FACE DO ABISMO … E DISSE : HAJA A LUZ . Deus criou o bem e a luz , mas não as trevas. Elas sempre existiram . Seu processo de criação baseou-se no processo de separação dia e noite , luz e trevas , céu e terra … Separou o homem  da mulher , criando macho e fêmea . A criação nada mais foi que a separação dos elementos para que houvesse escolha , pois sem ela não existiria evolução .Por issso vivemos situações extremas , especialmente nesta dimensão. Convivemos ao mesmo tempo com o mais sagrado e o mais cruel, tentando nos manter em meio-termo e aspirando a ser bons , mas ainda cometendo muitos erros. Entretanto , começo a  ver os extremos se integrando ,tentando estabelecer um equilíbrio .Todas as crianças que mataram colegas na escola ou seus próprios pais , com as quais pude ter contato eram índigos. E apenas um era do tipo humanista. O resto era conceitual. Isso é interessante. Todas essas crianças que matam sã índigos? Isso quer dizer que eles tinham uma visão clara da sua missão , mas algo entrou em seu caminho e elas quiseram se livrar do que imaginavam como obstáculo?Eles não têm medo porque sabem quem são.Eles acreditam plenamente em si mesmos.
Passemos a outra questão .

Quando foram identificadas as primeiras crianças índigos e qual a porcentagem atual do nascimento desse tipo de criança ?

Pelo que pude observar , mais de 80% das crianças com menos de 10 anos no mundo de hoje pertence a categoria índigo. Não posso precisar quando começaram a nascer , apenas quando percebi o fato .  Meu livro foi publicado em 1986 ,  mas meu primeiro contato com índigos foi em 82. Já sabia da existência deles , mas ainda não tinha conseguido estabelecer um padrão. Somente em 85 pude fazer essa classificação.

Você diz que há tipos diferentes de índigos. Quais são eles e quais suas características? Constatei em minhas pesquisas 4 tipos e cada um com uma missão :

HUMANISTAS:

São do tipo que trabalha com as massas. Serão os médicos , advogados , professores , vencedores , executivos , e políticos de amanhã. Hiperativos e extremamente  sociáveis, conversam com todos , são sempre muito simpáticos e têm opinião própria. Podem agir de maneira estranha , pois sendo hiperativos acabam às vezes batendo contra uma parede , por exemplo , por se esquece de parar. Não conseguem brincar com um brinquedo apenas. Têm de tirar todos do  armário , nem que seja só para ficar olhando para eles . São do tipo que precisa ser constantemente lembrado de seus deveres,, como organizar seu quarto , pois são capazes de iniciar a limpeza, mas , ao verem um livro , sentam-se para ler , ficam completamente distraídos e se esquecem do que estavam fazendo . Aliás , os humanistas são os leitores vorazes. Ontem eu estava em um avião e um índigo de 3 anos estava fazendo barulho ao meu lado  até que sua mão lhe entregou o folheto de regras de regras de segurança para ele ler.Ele parou , sentou-se , abriu o folheto e começou a olhar as figuras com o ar muito sério como se estivesse lendo o texto com muita atenção. Ficou logo ali quieto durante uns cincos minutos. Obviamente não conseguia ler , mas parecia mesmo estar. É tipo índigo humanista

CONCEITUAIS:

Interessam-se mais por projetos do que por pessoas. Serão os engenheiros , arquitetos ,designers , astronautas , pilotos e oficiais militares do futuro. Normalmente crianças de porte atlético e grande. Tendem a controlar situações e pessoas , especialmente suas mães, se forem meninos e seus pais se forem meninas.. E quando conseguem , podem ter grandes problemas . Este tipo de índigo tem propensão ao vício ,principalmente durante sua adolescência. Os pais precisam monitorar de perto o comportamento  deste tipo de criança, especialmente quando parecem estar tentando esconder alguma cooisa. Quando dizem “não quero que entrem em meu quarto” é porque há algo errado.

ARTÍSTICOS:

Costumam ser mais sensíveis e mais acanhados em estatura do que outros tipos. São muito criativos e serão provavelmente professores ou artistas. Tudo o que fazem envolve criatividade. Se estudam medicina , por exemplo , podem acabar sendo cirurgiões ou pesquisadores. Quando decidem estudar teatro, tornam-se excelentes atores, Entre os 4 e 10 anos , costumam-se a interessar pelos mais diferentes tipos de arte , mas apenas por cinco ou dez minutos , deixando-os de lado para procurar outros. Costumo assemelhar as mães deste tipo de índigo que gosta de música a nunca comprar  instrumentos para eles, mas sim alugar. Eles podem tocar 5 ou 6 instrumentos diferentes , mas somente na adolescência decidem entre um deles.

INTERDIMENSIONAIS:

São fisicamente mais desenvolvidas que os outros índigos e já aos 2 anos respondem a tudo dizendo : “Eu sei e posso fazer sozinho . Deixe-me em paz”. Tirarão novas filosofias e religiões ao mundo . Podem ser briguentos por causa do seu tamanho e por não se encaixarem na sociedade como os outros tipos.

Todas estas cores físicas que existem atualmente na humanidade deverão desaparecer nos próximos 20 anos , com exceção do vermelho. Sobram apenas as mentais, como o castanho, o amarelo e o violeta; os conceituais, o castanho , o verde e o violeta  ;os artísticos , o azul ,violeta e os interdimensionais, apenas o violeta, que está presente em todos os níveis.

Em breve a segunda parte!

Anúncios

Um comentário em “Introdução aos índigos (Nancy Ann Tappe , entrevistada por Jan Tober (Parte 1)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s