Golpe Duplo (Sintomas da ascensão)

75002_320337268076049_1790581730_n

Mensagem de Karen Bishop
11 de Abril de 2014

“A pior parte disto, é que eu não posso mais falar. Quero dizer, estou me arrastando nesta dor e mal posso escovar os meus dentes. Minha família quer saber o que há de errado, mas eles não estão de nenhuma maneira abertos aos “sintomas da ascensão”. O que eu deveria lhes dizer… que são as energias?”

“Minha melhor amiga teve que ir ao médico neste final de semana. Ela continuou desmaiando. Era muito assustador. O médico disse que ela tinha um vírus estranho.”

“A cada vez que recebemos uma grande onda de energia, minha mãe vai ao banheiro várias vezes ao dia. Tentei lhe dizer para não se preocupar, e que isto é apenas a ascensão e que passará, mas ela insiste que a sua medicação produz efeito.”

“Meu irmão está tendo uma terrível dor nas costas. Suas costas não o tinham incomodado por vários anos. Então ela subitamente desaparece e então, de repente, reaparece. Ele sabe tudo sobre a ascensão, mas diz que isto não tem nada a ver com as suas costas. Afinal, ele precisa estar no comando.”

“Eu tenho estado tão cansada que posso literalmente, dormir sentada. Isto me lembra de quando estava em trabalho de parto e que, literalmente, dormia entre as contrações. Se até mesmo tento meditar, durmo imediatamente zzzzzzzzzzzzzzzzz.”

“Sinto-me tão oprimida. Qualquer coisa me deixa em pânico e começo a ficar atordoada. Sinto-me tão sobrecarregada.”

“Sentia-me completamente sem memória. Não consigo pensar. Apenas um grande vazio. Um dia eu estava tagarelando e no dia seguinte, eu nem mesmo consigo falar. E a pior parte é: Eu nem mesmo sei quem sou! Tudo dentro da minha cabeça é um grande vazio!”

“Sinto-me tão estressada que nem mesmo posso me lembrar o que fiz no momento anterior. E estou fazendo as coisas mais estranhas. Estava procurando a minha toalha de banho e a minha filha jura que ela me viu pegá-la e colocá-la em minha bolsa. Bem, eu não acredito nisto. Por que eu faria isto?”

“Estou tão cansada e emocionalmente esgotada que eu já não me importo com nada mais. Quando alguém tenta pensar em fazer algo para me alegrar somente recebe um “Não, grata. Não posso fazê-lo.” Não consigo imaginar em ter uma energia para tentar as coisas normais. Não me lembro de estar assim tão cansada há muito tempo. Tudo o que eu consigo fazer é descansar, descansar, descansar.”

“Minhas articulações estão me matando! E elas estão tão duras. Sinto dificuldade em mover braços e pernas. Estou tão exausta.”

“Esta energia de impulso está se tornando ridícula. Agora parece que uma mão gigantesca está me empurrando para o chão. Empurrando-me tanto que mal posso me mover. E mal posso respirar! Alguém lá em cima calculou erroneamente as coisas!”

“Não consigo dormir! Vou me deitar como sempre e, então… lá fico deitada. Então, quando surge o sol, eu começo a adormecer!”

“Minhas terminações nervosas estão presas! E o meu corpo está completamente tenso. Mal consigo me mover. Ugh!”

“Meu corpo está zumbindo. Esta sensação estranha tomou conta das minhas vísceras. E quando isto não está ocorrendo, meus ouvidos estão zunindo. Sinto-me como um diapasão!”

“Continuo tendo estes estranhos ataques de pânico. Fico totalmente oprimida por estas energias invisíveis. Estou ansiosa o tempo todo. Nunca sei o que irá acontecer em seguida. Senhor!”

“Estive sentindo esta estranha sensação de calor em minha pele. E, especialmente, em meus pés. Minha pele parece que está sendo esticada.”

“Por alguma razão, não sei o que é ou por que, eu apenas me sinto absolutamente estranha. Não posso explicar isto.”

Bem, certo, a Ascensão se intensificou, certamente. Não apenas estamos experienciando o habitual aumento na frequência vibratória à medida que avançamos, mas estamos também começando a sentir os efeitos do alinhamento da Grande Cruz que deverá chegar em 20 de Abril.

Posso me lembrar da Grande Cruz de 5 de Maio de 2000. Estávamos muito entusiasmados pela sua chegada, pois acreditávamos que ela prenunciaria o novo mundo. Ao contrário, sentimo-nos totalmente oprimidos. Um vazio. Uma desolação. Um mutismo.

Estivemos em preparação para este tipo de alinhamento por algum tempo. Oprimidos seguimos, expulsando e limpando qualquer coisa que não pertença a uma existência de dimensão mais elevada.

Para alguns, estas energias opressoras de cima, alcançaram os seus estados mais internos, enquanto as suas camadas ficam menos densas e numerosas. Para estas almas, o processo tem sido indescritivelmente desafiador, enquanto ele continua a se intensificar mais e mais, eliminando mais e mais, até que somente a essência do seu ser seja deixada.

E, para outros, eles podem sentir uma mera exaustão e fadiga, com episódios ocasionais que não duram tanto tempo. Estes, neste caminho por algum tempo, podem ter sentido este processo começando há alguns anos, e outros podem estar sentindo-o agora, apenas nos últimos meses.

Seja qual for o caso, a nova realidade está acenando, sempre mais próxima e, desta maneira, mais a estamos sentindo como nunca. Todos no planeta irão experienciar a Grande Cruz. É um portal que todos teremos que atravessar.

Cada alma que reside atualmente na Terra passará por ela, enquanto ela anuncia um início muito novo. E, atualmente, estamos nos alinhando para esta abertura como um foguete que acabou de ser lançado, enquanto avançamos em grande velocidade, com as energias nos lançando para o destino da Grande Cruz.

Na criação de qualquer realidade, uma grade precisa ser formada para mantê-la. E tudo o que residir na realidade precisa residir, então, na grade. Desta maneira, estivemos construindo e criando a grade mais intensamente do que nunca, nos últimos meses.

Vibrações menos elevadas e mais densas residem na extremidade inferior, ou nos degraus inferiores da existência e os degraus de vibração mais elevada descansam sobre eles. Os degraus inferiores são muito necessários para apoiar os degraus superiores.

Esta fase está basicamente concluída. Desta maneira, aqueles que residem nos degraus inferiores estão agora mais preparados e muitos sabem e se alinharam ao que eles, em breve, estarão fazendo na nova realidade. Muito está ocorrendo para eles, pois eles, basicamente, estão preparados. Mas, mesmo assim, eles estão ainda experienciando as energias agora presentes, pois tudo e todos no Planeta estão experienciando estas energias no coletivo.

Os degraus superiores começaram a se encaixar com mais segurança nos últimos dias e semanas, mas ainda não estão completamente ancorados em todos os sentidos. Desta forma, estas almas que ocuparão estes degraus podem ver que outros estão tendo muitas coisas ocorrendo para eles e se perguntam por que eles foram esquecidos. Eles não foram. Não é o momento ainda. Seus novos espaços não se abriram ainda completamente, ainda que eles estejam subindo, lenta mais firmemente.

Nos últimos dias, estas almas ultrapassaram o velho (ou os seus atuais lares temporários), em seu caminho ascendente, mas eles não estão ainda em seus destinos finais. Desta maneira, há muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo. As almas que ocupam os degraus superiores solicitarão muito mais em relação às coisas de uma ordem mais elevada, assim, desta forma, não há atualmente muito por perto a que se conectar.

Estas almas anseiam por Deus em sua essência, e é com a energia de Deus e do amor que estas almas irão se conectar. Quando elas, finalmente, chegarem aos seus novos destinos, elas então se voltarão e abraçarão aqueles que residem nos degraus inferiores e os apresentarão à Deus e ao amor, como elas agora os conhecem.

O novo propósito destas almas será trazer Deus e o amor ao planeta, através de seus próprios dons e talentos. Este será o seu novo papel no novo Céu na Terra.

Ao lidar com as intensas energias, o relaxamento e a não resistência são fundamentais na assimilação destas energias. Quanto mais as aceitarmos e permitirmos que elas façam o que elas precisam fazer, mais fácil será para nós.

Enquanto a energia do amor começa a permear mais plenamente a nossa existência, é este amor que pode ajudar intensamente na assimilação destas energias. E porque a energia do amor está agora se tornando o ar que respiramos mais do que nunca, utilizá-la pode trazer grandes benefícios.

Amar qualquer coisa pode transformar e dissipar uma situação em um instante. Quanto mais resistirmos, mais persistirá aquilo que não queremos. Não há nada de novo aqui. Pode ser muito desafiador nos voltarmos para o amor quando estivemos tão desconfortáveis por tanto tempo.

Muitos estão esgotados, sofridos e simplesmente não podem suportar mais. Se pudermos nos voltar ao amor e envolvermos tudo o que houver com amor, apenas isto poderá colocar a nossa situação em alinhamento com a energia do novo. E porque estamos tão próximos agora, a energia do amor está mais acessível do que nunca.

À medida que as nossas mentes se tornam vazias e nossas velhas bases se desintegram e caem, perceberemos que as nossas novas conexões e bases se tratarão agora de Deus. E serão aqueles que residem nos degraus superiores que irão ajudar nesta nova conexão, pois eles já estarão lá.

“Eu me alegro também com as fraquezas, os insultos, os sofrimentos, as perseguições e as dificuldades pelos quais passo, por causa de Cristo. Porque, quando perco toda a minha força, então tenho a força de Cristo em mim.” (II Coríntios 12:10)

Deus já está nos sustentando. Estamos sentindo isto agora e podemos vê-lo, se optarmos por sentir gratidão a tudo o que passou em nosso caminho, com o apoio amoroso de cima. Estamos sempre exatamente onde precisamos estar.

E quando for o momento de estarmos em algum outro lugar, ser-nos-á mostrado o caminho com braços amorosos, portas surpreendentemente abertas, e nossos novos espaços nos serão revelados, com toda a sua glória. E a conexão com o outro, coração a coração, servirá para fortalecer e sustentar a grade muito nova.

Do meu coração para o seu,

 

Karen

-…..—==II==—-…..-

Direitos Autorais:

Fonte: http://www.gamabooks.com

Karen Bishop, P.O. Box 15196, Rio Rancho, NM 87174, USA

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário em “Golpe Duplo (Sintomas da ascensão)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s