TRECHO DE UMA CANALIZAÇÃO DO MESTRE AFRA –

afra (…) Existe uma responsabilidade espiritual de muitos de vocês que, ao nascerem, dispuseram-se a participar deste momento da Terra, trazendo a ajuda de suas próprias condições especiais adquiridas em centenas de vidas, ou em estágios de preparação, nos cursos espirituais das nossas colônias e templos de sabedoria, no plano espiritual da Terra e em eventos realizados em outras dimensões, igualmente, com o propósito de que cada missionário espiritual encarnado se lembre se suas atribuições estabelecidas em conclaves e conselhos. Falo agora, então, especialmente, àqueles seres irmãos, que estão aí, na Terra, sabedores de que possuem um cabedal mais aprimorado do que muitos… Sabedores de que são conhecedores das leis do “Magnetismo Espiritual” e do poder magnético da terra, terra mesmo e de tudo o que há nela… Conclamamos os antigos sacerdotes atlantes e lemurianos, antigos incas e maias, druidas e celtas, mestres tibetanos e povos ciganos, e os magistas do Oriente, os ETs que sabem que o são, e que estão encarnados a serviço no planeta, para que se lembrem que vieram cumprir uma missão… Apelamos aos xamânicos, umbandistas, wiccanos, maçons, rosacrucianos, magos brancos encarnados, espiritistas ecléticos, universalistas ramatisianos, esotéricos de mente não fragmentada pelas idéias somente de ascensões e luzes exageradas, seres todos de outras modalidades de pensamento e de religiosidade, mas que detenham o “Saber” sobre o poder dos elementos, dos reinos da natureza, das energias condensadas e seus poderes profundos e eficazes, do poder dos símbolos e das formas, dos números e da “Palavra”, escrita e falada, da eficácia das energias positivas das polaridades bem equalizadas, tanto nos seres humanos como nos elementos em conjunções… os que conhecem a força dos mananciais, das montanhas, da vegetação, dos rios e mares, dos minerais, cristais e dos metais… e os que já sabem manipular as forças da matéria, dos raios cósmicos e das energias adimensionais em celebrações à Mãe-Terra, para que “se dêem as mãos” , em espírito e em irmandade humana, e estejam em uníssono com as inspirações que lhes daremos a partir de agora, em seus SONHOS e em suas INTUIÇÕES, em seus aparatos de conexão mediúnica e na sincronicidade que perceberão acontecerem no dia a dia de suas funções espirituais… para que sejamos todos vitoriosos na concretização de tarefas específicas de cunho espiritual planetário que estruturamos juntos… um dia… antes de seus reencarnes, e que continuamos a adubar em suas mentes, a cada madrugada em que se esticam, nos seus cordões de prata tão elásticos, para virem até nós, em consciência extrafísica, com todas as suas lembranças de seus propósitos de vida na Terra! Poderes em confronto… o Bem e o Mal… Não enfrentaremos, no entanto, lutas acirradas, em bases de desafios! Estudamos sim, em torno de todos os assuntos de importância para a atual conjuntura planetária, com os “Estrategistas Ancestrais” que moldaram a Terra, toda uma nova modalidade de atuação espiritual no planeta, iniciando sua disseminação a partir de novos canais que tem surgido e surgirão em toda a Terra… Tenho o papel, no dia de hoje, de antenar nossas disposições próprias de ajuda à Terra a essas novas propostas de metodologias espirituais eleitas, idênticas aos tempos da magia branca na Atlântida… mas com um aparato venusiano mais atuante, pelo próprio diferencial energético deste ciclo em que a Terra muda sua condição vibratória. Vim hoje falar a vocês que, sem afrontar os Dragões e suas artimanhas, teremos que “UNIR NOSSAS FORÇAS ESPECIAIS” para maior abrangência de resultados nas mentes das pessoas adormecidas e hipnotizadas, tanto encarnadas, como desencarnadas, com as suas contrapartes etéricas escravizadas em laboratórios umbralinos, sem contanto, agirmos como atacantes… Como eu estava dizendo… atenuando o assombro que possa já estar existindo em muitos de vocês… é dificil esclarecer muita gente sobre a realidade espiritual… É difícil até pensar em que muitas pessoas encarnadas possam estar aprisionadas no plano astral da Terra… Interferir no destino de milhares de criaturas desavisadas e em milhares delas escravas das sombras parece tarefa somente para as hierarquias divinas e para as naves saneadoras de Ashtar Sheran… Entretanto, afirmo, por ordem superior, que estamos estabelecendo agendas de conexão com vocês, nos seus itinerários de sintonia espiritual para o auxílio ao plano divino, através de ações científicas espirituais, baseadas na metodologia dos antigos pajés, atlantes, celtas e africanos que manipulavam a natureza… Existe um caminho de ajuda eficaz, que alcança estas milhares de criaturas, sem que elas necessitem saber o que vocês sabem… Nem precisam estar iluminadas para ascenderem aos páramos celestiais… mas podem ser “RESGATADAS”! Nem todos os que perambulam por aí, sem nada saber sobre a vida espiritual e seus compromissos, são seres inferiores e destinados à derrota de suas existências… Também não nos compete julgar que os que estão escravizados nos umbrais da Terra, servindo àqueles seres escuros, estejam todos escalados para entrarem no turbilhão de decaída ascensional, partindo para outros orbes, quando agora das modificações geográficas do planeta pelas calamidades que estão acontecendo… Muitos pensam que os seres espirituais tem que se encarregar de tudo e, de certa forma, ficam numa situação de comodismo… Tem muita confusão sobre isso… De certa forma, até os “eleitos” fogem de maior atuação espiritual, na duvidosa certeza de que estão “garantidos”… Posso até afirmar que existe um certo fanatismo, nas convicções de que basta “se encherem de luz”! São pensamentos individualistas… muitas vezes egoísticos… É como se dissessem: -”DESISTO DO SER HUMANO! O que importa é para onde vou!”, ou ainda – “Salve-se quem puder!” E nem se lembram que o filho do vizinho rabugento pode ter sido o seu pai em outra existência, e está prestes a perder você de vista durante bilhões de eras intergalácticas… e , que, “no frigir dos ovos”, como vocês falam, vocês todos, a humanidade terrena, são todos “UM SÓ”… Quando um sobe, sobem milhões na “teia” espiritual de que ele faz parte na grade da evolução conjunta… É sutil o liame entre a verdade de que: -“Cada qual é responsável pelos seus atos, sua evolução e seu destino espiritual”, versus: – “Vamos ver o que podemos fazer pelos nossos semelhantes?” Se fosse somente uma aquisição pessoal “a glória no paraíso” para onde muitos pensam que vão, e aos outros, mais ignorantes e maus, “que se danem”… não é assim que dizem?… Então não haveria o porquê de a Terra estar totalmente cercada de naves espaciais físicas e etéricas, de seres intergalácticos em operosidade extrema pela salvação da Terra, de milhares de seres espirituais de todas as faixas e graus evolutivos, convocados para servirem aos seres humanos e tentarem direcioná-los para a evolução que lhes é requerida pela lei natural divina… Isto chama-se: FRATERNIDADE…!!! Fraternidade Universal! União! AMOR UNIVERSAL! Existe um “Interesse” em nossos seres… de nós, que somos do Espaço e das regiões de ventura… Um interesse em que as criaturas da Terra sejam auxiliadas, resgatadas, salvas de si mesmas e dos ataques das trevas do mundo da matéria… Há aparentes dissonâncias de pensamento espiritual das hierarquias que tem se comunicado, através de vários canais… mas não são facções… Muitos mestres falam por outros paradigmas… mas, na verdade, não estão em contradição… apenas enfocam aspectos distintos, para maior clareza sobre a responsabilidade individual de evolução e ascensão… mas nenhum Mestre de Luz que fale sobre as vossas ascensões negam que o ser humano tenha que ser solidário… Vocês fazem isso nas horas das catástrofes… muitos saem de seus países e vão acudir os soterrados… Por que não auxiliar no âmbito espiritual, somando esforços com o nosso empenho do lado de cá? O conhecimento integral também é apregoado por todos… e não existe fragmentação nos nossos conselhos intergalácticos… Vocês tem que discernir o que é “esquema pessoal de evolução” e o que é responsabilidade humanitária, solidariedade humana, planetária e cósmica universal… Nós estamos justamente fazendo isso, apesar de nossas luzes, podendo estar lá no paraíso celeste, mas aqui estamos… para RESGATÁ-LOS… Enfim, o enfoque que se tem dado à questão de que os elementos da natureza vão servir eficazmente para a dissolução de correntes maléficas tem sido apregoado até mesmo pelo Comandante Ashtar Sheran, que é um sábio sobre o poder das estruturas atômicas e radiações nucleares, pois trabalha com isso… Suas naves e todos os seus comandados são seres especializados em dissolução atômica… E com esse arsenal de conhecimento, ele colabora eficazmente no saneamento da psicosfera planetária e também nas regiões umbralinas… E não nega que os elementos da própria Terra também tenham esta capacidade… O Cacique Pena Branca e Ramatis tem vindo falar ao mundo sobre a Metaciência… Mestra Nada explicou, em sua primeira mensagem, no início desta estruturação de suas pautas de canalizações, como “A Voz do Raio Rubi” , que muitos seres falariam por este canal, de forma desimpregnada de equívocos conceituais, religiosos, isto é, todos os seres comprometidos com as revelações que serão feitas, e já tem sido feitas, falariam de forma “linear” sobre as questões espirituais, sem fragmentar a Verdade Única Universal… Isto porque chegou a hora de se aglutinar tudo… Chegou a hora de quebramos barreiras de entendimento… Quando falo em convocação de todos os que conhecem as energias da Mãe-Terra, e que estão vocês, da Terra, de certa forma, sob a “Insígnia do Dragão”, e que muitos terráqueos estão dormindo no berço da ignorância espiritual, pretendo que enxerguem isso mesmo… que entendam que, neste momento, todos estamos unidos no propósito de esquadrinharmos todos os aspectos teóricos sobre as possibilidades da própria Terra, que possam gerar mecanismos novos de ação espiritual no mundo para consolidar-se um regime de salvamento dos exércitos de seres retidos nos planos abissais, que tem chance de reingresso no dinamismo da vida para suas experiências continuarem no rumo da ascensão e não da escravidão espiritual… É sob jurisdição divina que estamos falando ao mundo… Nem brincando poderíamos usar este mecanismo de mensagens espirituais para confundir os seres humanos… É uma verdade a de que é preciso conclamar os poderes das energias dos elementos naturais da Terra… Isso funciona como a “Homeopatia”… A Terra está em erupção jamais vista… Vomita o mal que a envenena… E ela mesma, em dinamizações atômicas bem determinadas, poderá minorar convulsões exageradas… O “PODER” de GAIA , o poder da MÃE que é RAÍZ, o PODER do “PRINCÍPIO FLUÍDICO UNIVERSAL” condensado na matéria, nos reinos da natureza, nos gazes, nos fluidos, nos elementos todos da Terra… é absoluto!… Dentro, porém, da relatividade de pertencer a um outro corpo estelar maior que si mesma, e de estar orbitando em círculos concêntricos gravitacionais divinamente equalizados energética e estruturalmente e, portanto, estar atrelado a outros dispositivos de restauração planetária… o que não inviabiliza outras ações “in loco”, no próprio planeta… O que quero dizer, irmãos da Terra, é que, da mesma forma que quando vocês estão caindo na doença ou na depressão, todos tem o potencial e a condição de lutar contra elas e as vencerem… o planeta, isto é, VOCÊS no planeta, agindo em benefício dele, com suas riquezas medicamentosas naturais, em conexão com as forças espirituais, poderão ajudá-lo, também, a minorar as dores de muitos, a clarear a mente de muitos, a libertar muitos que gemem no plano astral, da égide fictícia dos Dragões ancestrais e que atormentam a Terra, e que massacram e violentam os seres humanos… quando é preciso, então, que sejam fraternos, e auxiliem os trabalhadores espirituais, doando da sua condição de conhecimento magístico ou de ectoplasma mediúnico, sem afrontar os seus poderes, mas movimentando as energias supremas da própria Mãe-Terra, em pranto planetário, nas bases que a Metaciência vem apregoando, ou seja, USANDO A NATUREZA, CERIMONIALMENTE, de forma inteligente e aberta! Os “Pretos Velhos”, da Umbanda, sabem fazer isso muito bem… assim como seus caboclos ancestrais, seus pajés e caciques… Os xamânicos igualmente… e toda a magia branca de muitos estudiosos sérios… Os indígenas sempre souberam louvar a natureza, reverenciando seus deuses e fazendo rodas e fogueiras, símbolos em seus rostos e bebendo chás fumegantes, entoando mantras e cânticos, manipulando as forças naturais a seu favor… Os Devas de todos os reinos da natureza articulam mil formas de extração de éteres de matas e águas do planeta, do fogo, das rochas e dos elementos estratosféricos, fazendo a sua parte na restauração diária dos reinos sob a sua jurisdição, a bem de toda a VIDA na Terra… No entanto, além disso, existe algo definitivo, que é o que nos move a falar sobre este tema novamente: o “Magnetismo Humano” acionando as “forças da natureza”… e isso será tema “prático” em todas as escolas dos próximos milênios… Todos os alunos saberão manipular a matéria a benefício do planeta! Já são eles mesmos os novos “caravaneiros do futuro” e estão chegando… Grande parte deles são magos estrategistas, ecologistas, geneticistas, microbiologistas, vegetoastromagnetistas, magistas litúrgicos da “Ordem Celeste dos Magos Brancos Interplanetários”, da qual o nosso amado Ramatis faz parte como Mestre Multidimensionalmente graduado… A questão do poder da matéria, da magia e das ações humanas neste campo tem respaldo na “Ciência Integral Ancestral”… Tudo paira em torno do poder característico dos Fótons, dos Quarts, do cabedal de informações da Física Quântica, do poder plasmatório do “Éter Físico da Terra”, do “Fluido Vital” em todas as mônadas ancestrais de todos os elementos naturais e da própria vida humana… e sobre isso ainda muito será explicado nos próximos decênios até o “todo o sempre”! A forma como os seres humanos podem se defender de malignidades do inimigo comum dos terráqueos, sem partirem para o ataque ou para o confronto imprudente e fatalmente vencido pela potência do mal em ação… é conhecendo todas estas particularidades da matéria e, com muita “religareidade” (vejam que não digo: religiosidade)… com muita fé racional, aliada à boa intenção, ao conhecimento do que fazem e o que pretendem, sempre na expressão mais amorosa e fraterna de se dispensar ajuda ao planeta e aos seres humanos, fazerem a religação do “Elo Perdido” na vida dos seres humanos, qual seja, o “Dinamismo e a Sinergia entre Forças Espirituais e Materiais”… Eis o sentido e a cientificidade de muitas áreas espirituais que acionam os poderes da matéria, através de manipulações magisticas, no intuito de auxiliarem os seres humanos… É claro que também são acionadas essas forças por exímios “magos negros”, do mundo subastral e também por tantos deles mesmo encarnados, ou por pessoas inexperientes, inescrupulosas, irresponsáveis e inconsequentes, agindo num campo de radiação exuberante, muitas vezes, e fatidicamente, somente para o mal de alguém, ou por interesses em vantagens pessoais e, pior do que isso, facilitando “alianças” com os reinos do Dragão, quando então tornam-se os seus escravos, para trabalharem quando dormem, pelo enfeitiçamento gradual de todos os seres de responsabilidade espiritual, ou social, institucional, governamental, com a finalidade de que seja derrotada a própria Terra… Quanto a isso, que as suas almas sejam esclarecidas… e isso sim pertence às eras de aprendizado e crescimento, redenção e ascensão, nos planos materiais da vida universal… Bem… seja bem vinda a “Criança do Terceiro Milênio”, que saberá lidar com tudo isso… Mas, por isso mesmo, os Dragões as tem matado, por mil meios de crueldade… Muita coisa podemos fazer sobre isso… Os índios, os africanos, os celtas, os astecas, incas e maias, reverenciavam a natureza por mil formas para salvarem “UMA ÚNICA CRIANÇA DE SUAS ALDEIAS”… Amparem-se em nossos avisos, seres da Terra! Não se apeguem somente à notícia de que o mundo explodirá em várias partes e que vocês entrarão em naves salvadoras… Há ainda “MUITO O QUE FAZER E APRENDER”!!! Amem mais… amem aos seus semelhantes… Façam alguma coisa por eles! Estudem mais ou procurem integrar-se em grupos de magistas experientes, sérios, preparados, já atuantes pelo bem da Terra, cada qual com suas características, com quem possam implementar “Polos” de força espiritual de grande porte, que serão, para nós, usinas de “Força Magnética Humana”, para interação importante com os nossos trabalhos de maior transcendência… Falei aqui por este canal, enriquecido em minhas palavras pelo assessoramento de sábios “pais velhos” de “Liturgias EtéreoFísicas da Magia Branca” (Pai João de Ronda da Virada Planetária, Pai João de Aruanda e Vovó Catarina das Santas Almas do Cruzeiro Divino) e precursores da bem planejada “Universidade Espiritual de METACIÊNCIA”, que será obra próxima na Terra, pelo labor incansável de Mestre Ramatis e de Mestre Cacique Pena Branca, ao lado de milhares de outros seres de brilhante mestria nestas questões delineadas nesta noite, como El Morya, Allan Kardec e Hilarion. Saudações deste negro ou branco, amarelo ou pardo, azul ou violeta, o “irmão” que caminhou na África, dentre outras vidas e que, voltando à Terra, após séculos no plano espiritual, como o polêmico “Zumbi dos Palmares”, hoje vem falar sobre estes retalhos de sabedoria, para que, unindo-os a outros tantos enfoques dos trabalhadores das hierarquias, possamos auxiliar na compreensão da Grande Verdade Universal! Observem que a cabeça degolada deste Zumbi continua pensante… (hehehe…) Desejo a vocês uma vida de vitórias! Graças a Nzambi!!! MESTRE AFRA Obs.: “Nzambi” significa, na Nação Angolana, o Supremo Pai Criador, o Princípio e o Fim de tudo (Mensagem canalizada por Rosane Amantéa, em 23/05/2010)

AS ENERGIAS DE NOVEMBRO DE 2013

166458_Papel-de-Parede-Planeta-Energia_1400x1050

Mensagem de Jennifer Hoffman

Bem-Vindos a Novembro. Você está aliviado por estarmos finalmente aqui e por faltar somente um mês para o término de 2013? Como está lidando  com este Mercúrio retrógrado, o eclipse, a quadratura Urano/Plutão, e a intensa energia que estamos experienciando a partir de mais de 28 erupções solares, muitas delas de Classe-X que tivemos na semana passada? Esta semana contará com uma atividade solar mais intensa. Tome o seu magnésio, descanse bastante, beba muita água e saia um pouco, caso precise. Já passamos por muita coisa e o mês acaba de começar (mas não será assim durante todo o mês, eu prometo).

Ao invés de estar aliviado porque 2013 está quase no fim, use este mês para avaliar a cura, o crescimento e a transformação que fez neste ano e tenho a certeza de que é muito. Onde é que você começou o ano e como o está terminando? Ainda que tenha liberado todos os seus laços, a sua vida já não mais se assemelha a qualquer coisa com que possa se relacionar e você deve estar se perguntando quais serão os seus próximos passos; você está mais confiante, insistindo em ter alegria e paz em sua vida, você se ama mais, está mais confortável em definir as suas intenções para a sua vida, e está preparado para começar a viver através da sua própria energia agora? Esta é a bênção do ano carregado de energia que passamos e assim poderemos pisar na linha de chegada em Dezembro para um 2014 poderoso e intensamente energizado.

Não fiquemos a frente de nós mesmos. Novembro será um bom mês também, pois ele proporcionará clareza, foco e confirmação de portas fechadas, conclusões e o que está terminado. O que soubermos que está “concluído” neste mês, irá realmente estar concluído. Haverá oportunidades para novos começos em Dezembro. Por enquanto, comece a se interiorizar profundamente em seu coração (uma boa coisa para fazer durante um Mercúrio Retrógrado), para encontrar aqueles sonhos que você achava que nunca iriam se tornar realidade. É o momento de lhes tirar o pó, porque você nunca sabe quando a sua fada madrinha estará diante de você, pronta para satisfazer os seus desejos.

Novembro é um mês cujas energias se prestam a amarrar as pontas soltas, limpar os nossos armários emocionais, mentais e espirituais, e observar atentamente o que queremos mudar em nossas vidas. Isto não significa que não possamos começar novas coisas, mas a energia pode não estar aí para apoiar agora novos inícios de uma maneira fácil e graciosa, em parte por causa de um Mercúrio Retrógrado traquinas que irá nos manter no caminho de limpar todas as nossas coisas durante todo o mês. Estaremos fazendo muitas mudanças neste mês, mas elas poderão não estar visíveis externamente até Dezembro. Lembre-se de que a densidade (3ª dimensão), é o último espaço em que as mudanças se tornam visíveis, não o primeiro. No momento em que elas passam aos poucos para a 3ª Dimensão, e que podemos “vê-las”, elas se propagarão por toda a parte, energeticamente. Desde o início de 2013, estivemos no processo de profunda transformação, individual e coletivamente, e se estivemos evitando certos problemas, iremos nos perceber enfrentando-os e tendo que escolher o nosso caminho. Há somente duas opções agora, o passado ou o presente, um nos mantendo onde estamos, o outro nos impulsionando para um futuro desconhecido.

Novembro começa com a quarta das sete quadraturas Urano/Plutão, um Mercúrio Retrógrado em Escorpião, e um eclipse solar da lua nova em Escorpião (Saturno afeta todos estes e está também em Escorpião). As forças da transformação estão batendo em nossa porta coletiva: será que iremos responder? Se as energias de Novembro pudessem falar, elas diriam: “É o momento de fazer a sua jogada”, ou pelo menos considerá-la, porque não importa o que escolhamos, contanto que escolhamos algo. A zona de conforto de nosso passado está onde decidimos ficar quando estamos com muito medo de enfrentarmos a zona de desconforto de nosso potencial desconhecido. E, ainda, quando este potencial grita, bem alto, temos que colocar os nossos medos de lado e decidirmos dar uma olhada para o que mais está disponível para nós. Sabemos que é o momento para uma mudança quando nada está funcionando e nos sentimos presos, mas se estamos preparados para esta mudança ou não e dispostos a agir, é outra questão.

Se observarmos as sete quadraturas Urano/Plutão como se alinhando com os 7 chacras, como escrito por Carol Ciocco, então esta corresponde ao chacra cardíaco, que é o quarto chacra. Pense na abertura do coração, aprendendo a receber, valorizando-nos, trabalhando através das questões em torno do amor – tanto nos aspectos energéticos, quanto nos emocionais, reparando a energia do nosso coração partido, retomando a nossa energia amorosa e aprendendo a nos amar. Será que isto ressoa com algumas das mudanças que você está enfrentando agora? Todas as bênçãos começam com o amor próprio, assim se você não estiver se sentindo abençoado, é o momento de fazer um inventário do amor próprio e trabalhar para evoluir para o amor.

A palavra-chave para Novembro é desenterrar (exumar), ou cavar profundamente e então ter a coragem de cavar um pouco mais profundamente. Assim, muito do que nos bloqueia está esperando que o deixemos ir, mas temos que desenterrá-lo primeiro. Muitas de nossas experiências de vida estão agora nos ajudando a identificar aquelas áreas onde as nossas crenças, experiências, atitudes, medos, julgamentos e memórias estão nos bloqueando. Mas liberá-los é apenas o ponto de partida. Devemos ter também a intenção de nossos próximos passos ou estaremos criando um vácuo que não sabemos como será preenchido.

Como tudo em nossas vidas, é um processo, buscar e encontrar, deixar ir e receber, contrair e expandir, sairmos do nosso passado para o nosso presente, pois escolhemos o nosso espaço energético a cada momento. Como eu escrevi para o mês de Novembro, nas previsões de 2013:

“NOVEMBRO – O Mês começa com Mercúrio retrógrado, a quarta quadratura Urano/Plutão e um Eclipse, por isto será interessante. Aqueles que estiverem firmemente ancorados nas mudanças que estiveram fazendo durante todo o ano (e mesmo todo o trabalho que eles fizeram durante a última década), não sentirão a pressão deste mês. Na verdade, parecerá mais uma confirmação do trabalho que eles fizeram. Haverá um forte sentimento de povos do mundo se unindo, criando um mundo mais sustentável, amoroso e de apoio. “Nenhum lugar para correr, nenhum lugar para se esconder”, vem à mente quando penso em Novembro, aqueles que nada têm a esconder, nada têm a temer. Não permita que o caos o distraia, lembre-se: a mudança é inevitável, o caos é opcional.”

Assim, enquanto nos movemos através deste mês, preste atenção aos seus pensamentos em relação ao passado, mágoas, remorsos, coisas que ainda não fez e que quer fazer, coisas que tem evitado ou sente que não está preparado, especialmente coisas do passado, pois Mercúrio retrógrado é bom para dragar e isto acontece em um nível maior quando se está em Escorpião. Estamos terminando um ciclo de 19 anos de eclipses, que traz eventos de 1992 a 1994 para frente. O que você fez desde então e o que pode fazer agora que é diferente, mais solidário, gratificante, com um foco em abençoá-lo e a sua vida? Mercúrio retrógrado termina em 10 de Novembro e estará completamente concluído próximo ao dia 27 de Novembro, assim poderá sentir que descobrir as suas verdades é um pouco mais urgente, confuso ou pesado durante todo o mês.

Direitos Autorais:
Site original: www.enlighteninglife.com

AS ENERGIAS DE SETEMBRO DE 2013

planet 25 usada

Mensagem de Jennifer Hoffman
3 de Setembro de 2013

A palavra-chave para Setembro é “receber”, o que inclui reconhecer, aceitar e amar cada aspecto de nós mesmos, assim poderemos reunir a nossa energia para darmos o próximo salto em nossa jornada da ascensão.
Temos dois tipos de energia operando neste mês: a limpeza dos detritos, que ocorre na primeira parte do mês. Então, começando com o Equinócio em 22 de Setembro, poderemos “decolar para novas estratosferas”. Isto não mais se refere a estar disposto a explorar partes desconhecidas, trata-se de ser o impulso criativo por trás da revelação de um novo paradigma.
Setembro tem o potencial para uma evolução poderosa quando compreendermos que para onde vamos, o que fazemos e o que acontecerá quando lá chegarmos, é o resultado do que estamos criando através de nossa intenção.
Algumas vezes, o nosso caminho está bloqueado e não compreendemos o motivo, assim observamos uma área em que estamos tendo mais dificuldades e culpamos nossos problemas por esta situação ou problema. Mas nada da atual transformação está concentrado em uma área, embora possamos sentir como se isto estivesse sendo experienciado em uma área.
Seu propósito é para que fiquemos tão focados em nossa cura, sem permitirmos que nada nos distraia, que permitimos que ocorra a cura. Quando estamos fazendo uma grande transformação, estamos também movimentando grandes quantidades de energia (na forma de crenças e de emoções), e é disto que se trata a nossa transformação agora: limpar, liberar e renovar.
Não se trata de começar de novo, agora se trata de começar de uma maneira nova.
Este caminho para novos inícios pode ficar bloqueado ou limitado pelas velhas “coisas”, o que inclui padrões de crença e comportamento, sentimentos, pensamentos e emoções, uma incapacidade de ver o futuro além de nossa atual situação ou julgamentos que não lhes permitem ver outras opções.
Quando nos aproximamos do final de um ciclo de energia e estamos preparados para entrar em novos potenciais, aproximamo-nos do “buraco da agulha”, um estreitamento do nosso caminho que nos obriga a aliviar a nossa carga, por assim dizer, de tudo o que não esteja mais em integridade ou alinhado com a vibração e a dimensão em que queremos entrar.
Isto acontece na primeira metade de Setembro e pode parecer que a carga a liberar é maior do que o que vocês estão liberando. E vocês podem ter que liberar muito pouco, nada ou muito, dependendo do que vocês definiram como a sua intenção e como estão alinhados com isto no momento presente.
Isto significa uma reestruturação radical de nossas vidas, começando com os nossos sistemas de crenças, que é onde toda a nossa realidade começa.
O que vocês vêem como o seu potencial, além das mágoas, da dor e da cura?
Onde as suas velhas coisas serviram a um propósito e que novos caminhos vocês podem criar para si mesmas sem elas?
Aquilo que não for mais uma fonte de alegria para vocês, serviu ao seu propósito, e tentar reviver, reavivar ou reiniciar, somente será uma fonte de frustração.
A parceria energética que uma vez vocês compartilharam está concluída.
Agora é o momento de se desconectar dela e criar uma nova conexão com outra coisa.
E lembrem-se de compreender tudo o que vocês estão liberando, porque tudo faz parte de vocês e do caminho que criaram para a sua vida. Quando vocês liberam com um espírito de gratidão amorosa, vocês criam um espaço poderoso e expandido para que algo entre em sua vida, em um fluxo de gratidão.
As energias de Setembro nos posicionam para vermos além da cura, para conhecermos a nossa própria sabedoria e nos vermos como curados, íntegros e merecedores da paz, da alegria, do amor e da abundância que estamos buscando.
O resto de 2013 poderá ser um pouco instável (certamente será agitado e poderá ser mais fácil cuidar destas coisas agora, quando pudermos ter o nosso tempo, do que mais tarde). Usem a primeira metade do mês para fazerem a sua faxina energética e emocional, para que após o dia 22 de Setembro, vocês estejam livres para voar para os seus novos inícios.
Tenham um ótimo mês.
-…..—==II==—-…..-

Direitos Autorais:
Site original: http://www.enlighteninglife.com
Tradução de Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br

ÍNDIGOS – A ENERGIA DO PRÍNCIPE E DA PRINCESA

Mensagem de Jennifer Hoffman
24 de junho de 2013

indigos_pp-24

Tenho notado um tipo de energia entre alguns jovens Índigos, a geração nascida por volta de 1980 e a qual eu chamo de “Energia do Príncipe e da Princesa”. É uma energia que envolve vidas passadas como realeza, o que traz uma série de características, dependendo de como ela é expressa nesta vida. Em seus aspectos negativos, ela se manifesta como dúvida e confusão sobre como navegar na vida. Esta é uma energia difícil, cujo propósito é ensinar a compaixão, a humildade, a conexão e a autoconsciência.

Em outras vidas, estes Índigos foram crianças reais, muitas vezes mimadas e “estragadas”, mantidas acima dos outros e por causa de sua posição, foi-lhes negado uma vida “normal”, onde elas poderiam ser o que elas quisessem e interagir com outros na sociedade. O resultado de suas vidas era pré-determinado, incluindo o que elas poderiam fazer, como poderiam agir, com quem elas poderiam interagir e casar, e elas tiveram um número limitado de opções de estilo de vida. Embora possamos pensar que seja maravilhoso estar na realeza e viver este estilo de vida mimado, exclusivo e intensamente protegido, muitas destas crianças se sentiram restritas, envergonhadas da extravagância e da abundância que elas gozavam, enquanto outras ficavam sem nada. Elas nunca conheceram o verdadeiro amor e foram incapazes de ter a vida que elas queriam.

Aquelas que, nesta vida, expressam esta energia como um direito extremo, terão que aprender lições de humildade e de compaixão em algum ponto de suas vidas, muitas vezes através da luta financeira ou emocional, ou através da perda. Outras, que estão confusas e não conseguem descobrir como decidir o seu próprio caminho na vida, precisam de uma forte orientação e incentivo, para que elas possam aprender como fazer escolhas poderosas para si mesmas. Muitas vezes, elas precisam de orientação de como desenvolver os seus pontos fortes e usar os seus dons, porque em suas vidas de príncipe e princesa, foi-lhes dito o que fazer e elas viveram através do que se esperava delas. Ser capaz de escolher o seu próprio caminho na vida é realmente estranho para elas. E elas podem frequentemente, rejeitar a abundância e o sucesso, por causa do fardo que isto foi para elas no passado.

Estas energias têm fortes lições ligadas a elas e às vezes estes Índigos irão lutar durante anos, até que cheguem a um acordo com as suas vidas anteriores e aprendam a receber e a apreciar a abundância que elas criam para si mesmas, e compreendendo que o que elas recebem não é tirado de mais ninguém. Aqueles que têm filhos assim, provavelmente ficam frustrados com a sua dúvida e confusão, com a sua incapacidade de fazer escolhas, ou no outro extremo, com o seu senso de direito que lhes permite pensar que tudo deve ser dado a elas. Compreendam que isto é parte das suas lições de vida e tomem as suas decisões de acordo.

E, lembrem-se de que elas os escolhem como os seus pais, para que vocês possam lhes ensinar e porque vocês são os seus melhores e mais poderosos professores que, em certo sentido, podem não ser capazes de lhes dar o luxo que elas desejam e pensam que deveriam ter ( e isto é por que elas não nasceram em uma família rica ou real), ou elas aprenderão com vocês sobre o trabalho, o compromisso, os seus dons e valores, porque isto é o que elas precisam aprender. E com o tempo, elas resolverão estas vidas de maneiras poderosas e aprenderão a contribuir e receber do mundo de formas equilibradas e que lhes tragam alegria.

-…..—==II==—-…..-

Direitos Autorais:

Site original: www.enlighteninglife.com

Direitos reservados © 2004/2013 para Jennifer Hoffman.